Tragédia no Natal em SP une família em Itapema

postado em: Sem categoria | 0

#solidariedade

Cinco filhos ficam órfãos depois que mãe foi brutalmente assassinada pelo ex-companheiro na cidade de Salto, em São Paulo. Detalhe, o crime aconteceu no Natal do ano passado, dia 25 de dezembro. As crianças vieram morar em Itapema com a avó materna e precisam muito de ajuda.

Cleyton Amaral

No Natal do ano passado, uma tragédia mudou a vida da itapemense Teresa Cordeiro. A senhora que mora na rua 454, no Jardim Praiamar, em Itapema, recebeu a triste notícia que sua filha, Rosenilda Taborda do Calmo, de 38 anos, havia sido brutalmente assassinada a golpes de faca com o filho menor (de apenas seis meses) no colo pelo ex-companheiro. Uma cena que destruiu com o Natal da família.

O fato aconteceu por volta das 19h do dia 25, além do filho do casal, o bebê de seis meses, um outro filho apenas de Rosenilda, de oito anos, teria presenciado a morta da mãe. Quando soube do acontecido, os familiares de vítima uniram força e as finanças e foram até a cidade de Salto, em São Paulo, buscar as crianças que ficaram órfãs. Os menores saíram de lá praticamente com a roupa do corpo e estão precisando muito de ajuda. A família ainda subtraiu uma dívida de cerca de R$7 mil para poder sepultar Rosenilda em Itapema.

O crime

De acordo com reportagens de veículos locais, relata que o casal havia terminado em setembro passado, quando a vítima tinha sido agredida e registrado um boletim de ocorrência. Segundo a jovem Naiane do Calmo, filha da vítima, José Sivaldo de Souza Santos, de 42 anos, tinha ciúmes de Rosenilda Taborda do Calmo e não deixava ela trabalhar. A situação, com o passar dos sete anos em eles ficaram juntos, foi se agravando. Os dois tentaram reatar o casamento na véspera de Natal. No dia do crime, segundo o relato de uma testemunha, que preferiu ter a identidade preservada, o casal voltou a discutir e a vítima gritou por socorro, o que chamou a atenção da vizinha, que olhou pela janela e viu a mulher com o bebê no colo sendo esfaqueada pelo agressor. Segundo a PM paulista, José Sivaldo fugiu com a arma usada no crime e não foi localizado. A mulher não resistiu aos ferimentos durante atendimento do Corpo de Bombeiros. Ele é considerado foragido. A criança foi socorrida pela vizinha e está sob os cuidados de parentes. O caso foi registrado na delegacia de Salto e está sendo investigado.

‘Era guerreira’

A ajudante geral tinha cinco filhos: de 19 anos, 17 anos, 13 anos, 8 anos e o bebê de seis meses. Segundo Naiane, a mãe não tinha problema com conhecidos e criou as crianças sem precisar de ajuda de companheiros. “Era guerreira e nunca precisou de ninguém. Atualmente ela não estava com ninguém e se dedicava ao meu irmão, que é bebê”, conta.

Em Itapema

Depois do ocorrido, a avó das crianças, dona Teresa Cordeiro, trouxe quatro, dos cinco filhos de Rosenilda com ela para morar em Itapema. A que ficou em São Paulo está gravida e ficou com o marido. As crianças saíram de lá praticamente com a roupa do corpo e estão precisando muito de ajuda. As crianças (bebê de seis meses é um menino, há outro menino de 8 anos, uma menina de 13 e uma jovem de 19 anos) precisam de roupas, sapatos. Eles estão com a avó em casa simples na rua 454, no bairro Jardim Praimar. Precisam também de cestas básicas, fraldas, leite, pomadas para assaduras e ventiladores, já que as crianças estão sofrendo com picadas dos mosquitos. A avó está terminando de construir uma casa, de alvenaria, porém também precisa de ajuda para terminar e poder abrigar de forma mais digna os netos. Quem puder ajudar com materiais para o piso e contra piso será de grande valia.

Ajuda psicológica e jurídica

As crianças também precisam de ajuda psicológica devido à gravidade do acontecido. O menino de oito anos presenciou o crime. A avó também pede ajuda para com assistência jurídica para poder ter as guardas das crianças definitiva.

Como ajudar

Contato da Família: (47) 99656-5473 e 99721-2491. Rua 454, 505, Jardim Praimar, próximo à Casa Madre Teresa de Calcutá.

Fonte: Por A Hora janeiro 8, 2019

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 + oito =